Torne-se uma Família Anfitriã

Tornar-se uma Família Anfitriã é uma oportunidade para a sua família trazer o mundo pra dentro de casa, convidando um jovem de outro país, para compartilhar sua cultura e, ao mesmo tempo, aprender sobre sua cultura.

É uma chance de compartilhar sua história, suas tradições e seus costumes, e ao mesmo tempo permitir que toda a sua família  experimente novas tradições e costumes sem sair de casa.

A YFU fornece um ambiente seguro para lhe dar uma oportunidade divertida de ganhar perspectiva global e contribuir para mudar o curso de uma vida.

Receber um estudante de intercâmbio pode fazer o mundo parecer menor, ao fazer o seu próprio mundo maior. Ao participar de um intercâmbio cultural, você vai ampliar a sua visão para uma compreensão global, aprofundando o seu apreço por outras culturas e costumes, o aumenta a tolerância, reduz a violência, e ajuda a eliminar estereótipos.

O que é preciso fazer

  • Oferecer ao estudante um lar (carinho, cuidado e respeito);
  • Recebê-lo de braços abertos e orientá-lo, como seu próprio filho no dia-a-dia;
  • Prover as refeições e tudo que o estudante precisar em sua rotina (nada além do que a própria família consumiria sem o estudante);
  • Oferecer ao estudante um quarto (que pode ser dividido com um irmão ou irmã do mesmo sexo);
  • Fazer com que o estudante se sinta parte da família, participando de todas suas atividades, inclusive dividindo tarefas domésticas;
  • Proporcionar ao estudante oportunidades para entrar em contato com a nossa cultura;
  • Demonstrar interesse e respeito pela cultura do país de origem do estudante;
  • Ser o mediador entre o estudante, a nova cultura e seus desafios.

Saiba um pouco mais

Depoimentos

  • "
    Esta fotografia é do dia que completou um mês da chegada da minha filha alemã. Fizemos um almoço especial, cozinhamos dois pratos típicos da Alemanha, penduramos a bandeira e juntamos com alguns pratos mineiros. Foi muito bom !
    Estou adorando a experiência. Lili se encaixa perfeitamente com nossa família. Ela é muito alegre e brincalhona , sem perder sua forma direta de dizer as coisas: não é não e sim é sim. Já me chama de mãe, meu marido de pai e ela e minha filha já implicam uma com a outra. Ainda temos um longo convívio pela frente mas posso dizer que começamos muito bem."
    Monique Longordo, mãe anfitriã que está acolhendo a alemã Lilian
    monique-2
  • "
    Eu lembro do meu primeiro dia no colégio. Cheguei lá e todo mundo já sabia quem eu era. Eu ainda não
    sabia pra onde eu tinha que ir, então perguntei uma menina lá do colégio. Todos eram muito carinhosos comigo.
    A minha turma tinha muita curiosidade sobre mim, então tudo mundo sentava ao meu redor e me perguntava milhões de coisas.
    No final do dia eu já tinha feito muitas amizades. Na hora de voltar pra casa, eu não sabia o caminho, mas várias alunas se ofereceram para me acompanhar até em casa. Eu já tinha me mudado para outras cidades dentro da Alemanha e o primeiro dia da escola sempre era bem chato, mas no Brasil foi bem diferente. AMEI esse primeiro dia na escola!"
    Eva Römheld, Intercambista YFU Alemanha no Brasil
    Eva
  • "
    Acolher um Intercambista é algo ímpar, uma troca de valores, crenças, posturas, atitudes e não somente uma mudança de idiomas. É uma experiência única e muito enriquecedora em todos os sentidos. Porém acredito ser o mais importante de tudo a união de povos tão distantes, com culturas tão distintas. Uma Família confiar a outra um de seus 'bens' mais valiosos e a nós que acolhemos, o prazer de ver 'alguém estranho' se tornar mais um membro de nossa Família. Hoje podemos dizer que temos parentes próximos do outro lado do Mundo, pois através de 'Nosso Filho' Win (Tailandês) conquistamos a confiança e o amor de seus familiares na Tailândia.

    Acolher um Intercâmbista é amar sem fronteiras!!!"
    Depoimento da família que acolheu o tailandês Win
    P1160725